Assinatura RSS

Arquivo da categoria: Soja

Feijão tropeiro vegetariano

Publicado em

Como boa mineira, tenho o feijão tropeiro como um de meus pratos preferidos. Antes de me tornar vegetariana, a receita reinava em casa, mas desde que cortei a carne da minha alimentação não havia parado para pensar em uma versão sem as linguiças e torresmos.

A versão vegetariana é tão saborosa quanto a versão normal, muito menos calórica e super fácil de fazer. Como moro sozinha e estudo a maior parte do tempo, na maioria das vezes compro o feijão pronto em caixinhas no supermercado, mas para quem vai fazer em casa, é só cozinhar o feijão como de costume. Eu uso o carioca ou fradinho.

Primeiro eu hidratei a soja (já expliquei como AQUI) e espremi bem. Refoguei no azeite com alho e cebola picados até que a soja ficasse bem sequinha, adicionei umas 3 colheres de shoyo e deixei secar novamente.

Juntei ervilhas, cenoura picada e vagem picada, o feijão cozido, mas sem o caldo. Deixei tudo refogar bem, corrigi o sal, e coloquei um pouco de pimenta do reino moída na hora.

Quando tudo estava bem cozido, coloquei uma colher rasa de manteiga e misturei até derreter, nesse ponto junto a farinha de mandioca, misturo e já está pronto.

No lugar da farinha de mandioca, também pode usar aquelas farofas compradas prontas que já são apimentadas.

Para ficar ainda melhor, pode misturar couve refogada depois de pronto! Um cheiro verde picado também vai muito bem!

 

Anúncios

Abobrinha recheada com carne de soja

Publicado em

Olás!!

Depois de sofrer o semestre todo na faculdade e ter um mês para descansar, volto para a correria de trabalho+cursos+viagens e, também, a postar aqui no blog.

Vou contar que me desanimei um pouco, e o motivo é bem bobo. Muitas vezes que eu fazia um prato delicioso de duas uma: ou eu esquecia de bater fotos do prato pronto para postar ou as fotos ficavam ruins demais para serem postadas aqui. Nesse vai e vem, acabava desanimando e o blog ficou meio parado.

Agora que estou com um equipamento fotográfico novo (vulgo: saí da câmera de 10 anos atrás), fico mais animada para passar as receitas para vocês!

A de hoje é uma das minhas preferidas, e fica tão boa que podem ter certeza que mesmo quem não é vegetariano vai comer sem reclamar e querer repetir mil quinhentas e cinquenta e duas vezes.

A receita rende 6 abobrinhas grandes como esta da foto

Primeiro eu cozinhei 3 abobrinhas inteiras em água com sal e um fio de azeite até estarem macias. Parti ao meio e retirei o miolo com cuidado com a ajuda de uma colher.

Para o recheio, hidratei uma xícara de soja (já expliquei como hidratá-la AQUI) e espremi bem.

Refoguei dois dentes de alho bem picados no azeite, juntei a soja e deixei fritar bem até ficar sequinha, juntei 2 colheres de shoyu, 2 tomates picados em cubos, 1/2 pimentão vermelho picadinho,2 colheres de sopa de azeitonas picadas e 2 colheres de sopa de pimenta biquinho picadinha.

Refoguei tudo, e corrigi o sal.

Daí é só espalhar bastante molho de tomate no fundo de uma assadeira, acomodar as metades das abobrinhas, recheá-las com a soja, salpicar parmesão e levar para gratinar até o queijo derreter.

Para quem não conhece a pimenta biquinho, ela é uma pimenta aromática que não arde. O sabor é delicioso e dá um toque a mais. Mesmo quem não gosta de pimenta pode comer essa tranquilo.

Fica divino!!

Salada de 5 minutos

Publicado em

Fim de semestre na faculdade está chegando, e eu me rendo às praticidades do supermercado na hora de preparar o meu almoço.

Essa semana, dando uma olhadinha pelas prateleiras, acabei descobrindo uma linha bem prática da Camil que conta com feijões de vários tipos, grão de bico, soja, tudo prontinho na caixinha! Nem pensei duas vezes e levei várias pra casa!!

Mas eu sou do tipo de pessoa fresca, que gosta de cozinhar tudo do meu jeitinho, com meus temperos e, num certo momento, fiquei pensando se teria mesmo valido à pena levar tudo de caixinha… enrolei uns dias achando que não ia usar era nada!! Mas como o tempo estava curto e eu gosto mesmo é de almoçar em casa, resolvi que ia fazer surgir algo bem gostoso e rápido dali!

Bom, surgiu! =D

Não dá para acreditar em como essa salada é boa vendo como é fácil fazê-la mas façam, façam agora, sabe!!

Primeiro eu cozinhei 2 batatas em cubos grandes e escorri.

Depois misturei às batatas metade de uma caixinha de soja da Camil, tomate cereja picado sem sementes e temperei com azeite, cebolinha picada e flor de sal.

Só levar para gelar e depois servir!

Ahh, e experimentem esses damascos recheados que são uma coiiiiisa!!!

É só misturar uma colher de gorgonzola com duas de requeijão e rechear os damascos gordinhos!! E você pode substituir o requeijão por cream cheese ou creme de ricota.

A combinação é perfeita e leva 2 minutos para fazer!

Câmeras, baterias e um quibe vegetariano

Publicado em

Olá!!

Já faz um tempinho desde que a última receita passou por aqui, portanto preciso me retratar!

Da última vez que estive em MG , minha terrinha natal como já comentei por aqui, acabei esquecendo o carregador de baterias da minha câmera!! <o>

É, a danada não funciona com pilhas e acabei relutando perante o desejo de entregar a vocês as fotos tiradas com a câmera tosca do meu celular (ela é bemmm tosca, acreditem).

Apelei para a câmera do namorado e consegui tirar algumas fotinhos +- , mas que servirão para manter o blog atualizado até que eu consiga meu carregador de volta!

Aliás, a receita dessa semana foi ele quem fez também, um quibe vegetariano de soja muito gostoso! Mas que eu não ando gostando desta história de invadir minha cozinha…. ahhh…. rsrs

Ingredientes

1 xícara de proteína texturizada de soja

1 xícara de trigo para kibe

2 tomates picados sem semente

1/2 cebola bem picada

2 dentes de alho picadinhos

2 colheres de manteiga

1/2 xícara de hortelã picada

Sal e pimenta a gosto

Modo de Fazer

Hidrate a soja e o trigo.

Para hidratar o trigo, deixe-o de molho em água suficiente para cobrir por 30 minutos. Depois passe para um escorredor de arroz e escorra a água suja esfregando o trigo com os dedos sob água corrente até que a água comece a correr limpa. Deixe escorrer bem.

Para a soja, eu ensinei como hidratar e deixá-la sequinha AQUI.

Bata no liquidificador a soja com o trigo em modo pulsar, apenas para deixar a soja mais miudinha.

Depois de bater misture todos os outros ingredientes, sendo a manteiga por último.

Unte uma travessa com um pouco de azeite e acomode o quibe, apertando bem com uma colher.

Leve ao forno médio pré aquecido até dourar.

 O engraçado dessa receita é que ela fica mais gostosa depois de um tempo pronta!

Fizemos o prato para o almoço, mas no final da tarde tanto o sabor quanto a textura estavam muito melhores! Mas de qualquer jeito, seja na hora, seja depois, esse quibe é delicioso e não em deixa em nada a desejar ao quibe tradicional de carne!

O único ponto é que da próxima vez tentarei adicionar batata à massa para ver se a textura fica mais compacta!

Carne de Soja Refogada para Recheios

Publicado em

Não é difícil fazer uma carne de soja bem feita, mas é tão fácil fazer uma carne de soja mal feita!!

Já ouvi várias pessoas dizendo que até comeriam carne de soja todos os dias se soubessem fazer, se ela não ficasse encharcada ou com gosto estranho terroso.

A receita é facinha, facinha… Mas tem alguns macetes pra deixá-la sequinha e sem o gosto forte, além disso, depois de pronta, pode ser usada como recheio de pastéis, panquecas ou salgadinhos, como esfihas!

Esta receita faz o suficiente para o recheio de 4 panquecas, e alguns ingredientes podem ser substituídos por outros:

Ingredientes:

1 xícara de pts miúda clara

1/2 pimentão cortado em cubinhos (vermelho e amarelo ficam melhor por não serem tão ácidos como o verde)

1 tomate picado em cubinhos

1/2 xícara de palmito picadinho

1/2 xícara de azeitonas picadinhas

sal e pimenta

vinagre

Modo de fazer:

Hidratar a soja:

Coloque a soja em um pote com vinagre suficiente para cobri-la, adicione água fervente até uns 3 dedos acima da soja e deixe descançar por 5 a 10 minutos. (se quiser pode adicionar alguma erva para dar aroma)

Jogue a água com o vinagre fora e lave rapidamente a soja. Coloque novamente no pote com mais água fervente e deixe por mais 5 minutos para acabar de soltar o gosto. Depois, em uma peneira, lave bem a soja esfregando-a nas beiradas e, então, vá espremendo pequenas porções com as mãos. Esprema bem até sair toda a água e ela ficar bem sequinha!

Recheio:

Refogue a pts em uma penela com um fio de azeite, uma pitada de sal, cebola e alho picadinhos.

Neste momento a soja irá grudar bastante na panela, mas isso é normal. Raspe bem o fundo com uma colher de pau e coloque o tomate e pimentão picadinhos.

Eles irão soltar água e começar a formar um caldo leve.

Adicione o palmito e azeitonas e deixe refogar bem!

É importante que forme um caldo leve, mas não o suficiente para encharcar a soja. Se secar demais vá adicionando um pouco de agua fervente para o caldo apurar.

Quando tudo estiver bem cozido e começar a secar está pronto!

Dependendo de onde utilizará o recheio pode deixá-lo mais seco ou mais molhadinho.

A receita da massa para a panqueca acima está aqui!

Bom apetite, beijinhos e até mais!