Assinatura RSS

Arquivo do mês: novembro 2011

Salada de 5 minutos

Publicado em

Fim de semestre na faculdade está chegando, e eu me rendo às praticidades do supermercado na hora de preparar o meu almoço.

Essa semana, dando uma olhadinha pelas prateleiras, acabei descobrindo uma linha bem prática da Camil que conta com feijões de vários tipos, grão de bico, soja, tudo prontinho na caixinha! Nem pensei duas vezes e levei várias pra casa!!

Mas eu sou do tipo de pessoa fresca, que gosta de cozinhar tudo do meu jeitinho, com meus temperos e, num certo momento, fiquei pensando se teria mesmo valido à pena levar tudo de caixinha… enrolei uns dias achando que não ia usar era nada!! Mas como o tempo estava curto e eu gosto mesmo é de almoçar em casa, resolvi que ia fazer surgir algo bem gostoso e rápido dali!

Bom, surgiu! =D

Não dá para acreditar em como essa salada é boa vendo como é fácil fazê-la mas façam, façam agora, sabe!!

Primeiro eu cozinhei 2 batatas em cubos grandes e escorri.

Depois misturei às batatas metade de uma caixinha de soja da Camil, tomate cereja picado sem sementes e temperei com azeite, cebolinha picada e flor de sal.

Só levar para gelar e depois servir!

Ahh, e experimentem esses damascos recheados que são uma coiiiiisa!!!

É só misturar uma colher de gorgonzola com duas de requeijão e rechear os damascos gordinhos!! E você pode substituir o requeijão por cream cheese ou creme de ricota.

A combinação é perfeita e leva 2 minutos para fazer!

Anúncios

Sufle de shitake, alho poró e gorgonzola

Publicado em

Como eu adoro um sufle quentinho, fofo, saindo do forno!!

É uma receita prática, rápida, pode ser adaptada para usar o que tiver na geladeira e é barata! Quase perfeita para quem mora sozinha se não fosse o fato da estudante aqui não ter batedeira em casa e ter que bater claras em neve no braço!!! Mas… tirando isso… é um dos meus pratos preferidos!!

Essa semana resolvi fazer a receita um pouco diferente e ver se um sufle de leite de soja funcionava…

Funcionou!!!

Ficou lindo e delicioso

Ele saiu lindo e estufado do forno,  mas quando comecei a tirar as fotos vi que tinha esquecido de fechar a janela. É… bateu aquele ventinho e eu só vi ele murchando… murchando…
Mas o sabor ficou delícia!!

Para um suflé redondo de mais ou menos 25cm de diâmetro:

Ingredientes:

3 ovos com as gemas separadas e as claras em neve

1 colher de manteiga

1 copo de leite (usei de soja, mas o “certo” seria usar o normal integral)

2 colheres de sopa de farinha de trigo

O que desejar usar como recheio (usei alho poró, shitake e gorgonzola)

sal e pimenta do reino a gosto

 Modo de fazer:

Derreta a manteiga em uma panela junto com o sal e a pimenta, coloque metade do leite e dissolva a farinha na outra metade.

Quando começar a levantar fervura, adicione a farinha dissolvida mexendo bem, até formar um tipo de creme branco.

Desligue o fogo e adicione as gemas peneiradas.

Misture bem, adicione o recheio e, por último, incorpore as claras em neve delicadamente, sem mexer muito, apenas misturando de leve.

Coloque em uma assadeira untada e enfarinhada e leve para assar em forno médio até dourar por cima.

É importante não ficar abrindo o forno pra olhar se já está no ponto, ok!! Qualquer ventinho que entrar dentro do forno enquanto o sufle estiver assando fará com que ele murche!

E outra coisa importante, se for usar cogumelos no recheio, refogue-os antes em um fio de azeite para que eles liberem a água, ou eles deixarão o sufle molhado!

Espero que gostem!

Almoço Oriental Homemade

Publicado em

Olás!!

Se tem uma coisa que eu amo incondicionalmente, é comida oriental!!!
Aqueles rolinhos crocantes e deliciosos estralando  na boca, o shimeji molhadinho no molho de shoyo e manteiga, os tempurás deliciosos de legumes… é tudo uma tentação!!

Já há algum tempo eu havia me decidido que aprenderia fazer alguma coisa oriental que fosse. Não me especializar, ou algo assim… mas saber fazer algo para matar a vontade quando ela batesse.

Essa semana, então, fui atacada pela vontade de comer onigiris, mas já fui à vários restaurantes orientais aqui em São Carlos e nunca achei nada que estivesse próximo. Resolvi fazer eu mesma, e o resultado foi bemmmm satisfatório!! (perguntem pro namorado, que me ajudou a devorá-los)

 

Os Onigiris são super fáceis de fazer, e eu dei uma “abrasileirada” nos ingredientes para o recheio.

O arroz ( Gohan ):

Se você tiver uma daquelas panelas de arroz elétricas, ótimo!! Se não, então faça como eu fiz.

Para 5 Onigiris desse tamanho eu usei 1 xícara de arroz japonês, aquele de grão curto e gordinho. (não me vá usar arroz normal achando que dá certo porque NÃO dá!!!!)

Mesma medida de água.

Primeiro você lava bem o arroz até que a água pare de escorrer branca e comesse a escorrer transparente.

Daí você deixa o arroz de molho na água por 30 minutos, transfere tudo junto para uma panela e cozinha em fogo baixo com a panela tampada por uns 15 minutos, até a água secar.

Deixe ele descansar tampado por 10 minutos depois de ter desligado o fogo.

Para o recheio, acho que cada um pode inventar o seu. Aqui em casa eu criei 2 diferentes:

Alho poró: Refoguei o alho poro fatiado fininho em azeite, misturei uma colher de cream cheese.

Shitake: Lavei e piquei o shitake em cubinhos, coloquei uma colher de manteiga e levei ao fogo em uma frigideira tampada até soltar a água. Coloquei shoyo e cebolinha picadinha, esperei um ou 2 minutos e desliguei.

Agora, para explicar como se molda os bolinhos, é melhor vocês darem uma olhada nesse vídeo que eu achei AQUI, porque é difícil entender apenas lendo. O vídeo está em inglês, mas dá para entender apenas vendo as imagens, ok?!

Depois de pronto você pode colocar uma folha de alga em volta ou furikake (esse pozinho da foto, que você encontra em casas de artigos para culinária oriental).

Mas eu não me contive em parar no Onigiri, e resolvi fazer um shimeji na manteiga, aquele dos restaurantes, sabe??

Facinho!!

Só separar as cabecinhas do shimeji, lavar bem, e fazer do mesmo jeito que eu fiz com o shitake. Refogando na manteiga e depois colocando o shoyo e a cebolinha.

A cebolinha eu prefiro colocar depois, na hora de servir só, para ficar mais crocante! =D

Ta aí, um almoço oriental feito em casa e rapidinho!! =D

 

Bom final de semana!

Pão assado recheado

Publicado em

Olá pessoas, sabe quando a gente some por tanto tempo e sem explicação que depois acaba ficando com vergonha de voltar? hahaha

Aconteceu mais ou menos isso nos últimos tempos. Por conta das provas, fim de semestre e tantas outras dores de cabeça que acabei tendo, tive que me afastar um pouco do blog, porém quando as coisas se resolveram eu me senti desestimulada a voltar e postar algo, até agora!

Felizmente, com o começo da semana de folga tendo esse feriado delícia na terça, eu pude correr para preparar algo gostoso e a vontade de postar e passar receitas para vocês voltou!

E pensa numa receita boa!!!! hummmmmm

Passeando no blog da Tati, o Panela Terapia, dei de cara com essa receita aqui e fiquei super tentada a fazer, mudando o recheio. Essa massa é uma delícia, super fácil de fazer e bem rápida também. Além disso, o recheio é aquela coisa, você abre a geladeira e vê o que você pode usar!!

Prático e gostoso, do jeito que eu gosto!!!

A receita da massa vocês encontram aqui, mas já vou avisando que fiz um pouquinho diferente. Neste caso, aqui fica a receita da forma como eu fiz.

Ingredientes:

Massa:

1 e 1/2  xícaras de água morna
 1/2 xícara de azeite de boa qualidade
2 colheres de sopa de açúcar
1/2 colher  de sopa de sal
1 colher de sopa de fermento biológico seco (aquele para pão, não é o fermento em pó, ok!)
1/2 kg de farinha de trigo
Recheio:
fatias de mussarela de búfala
parmesão ralado
Misture em uma tigela 2 tomates picados sem sementes, 1/2 xícara de azeitonas pretas em rodelas, manjericão fresco, uma colher de sopa de orégano e um fio de azeite.
Modo de fazer:
A massa eu fiz do jeitinho que a Tati ensina no blog dela, colocando primeiro o sal, açúcar, fermento e azeite, depois a água morna e, por fim, a farinha aos poucos, misturando tudo com as mãos sem sovar.
Assim que a massa estiver pronta (não é preciso deixar descansar), divida em duas metades, abra cada uma com um rolo de modo que não fique muito fina.
Coloquei fatias de mussarela de búfala até cobrir a massa, espalhei a mistura de tomates por cima e,por último, parmesão ralado.
Enrole a massa com o recheio dentro como se fosse um rocambole, depois corte-o em fatias não muito finas e coloque-as em uma assadeira enfarinhada.
Asse em forno médio até ficarem douradas!
A receita rendeu 2 rocamboles!
Espero que gostem!
Boa semana!!
beijinhos